segunda-feira, 26 de novembro de 2012

MAS AFINAL O QUE É ISSO DO VINTAGE?

Mas afinal o que é isso do vintage? É uma questão que com frequência nos têm colocado desde a abertura da loja.
Estritamente falando, consideram-se "vintage" todos os items que têm vinte ou mais anos de existência.
São então coisas antigas? Sim, mas uma loja vintage não se confunde de todo com um antiquário. Digamos que a este último interessa um passado mais remoto. Num bom antiquário podemos encontrar peças do século XVIII ou XIX, ou até anteriores. Pratas, talhas douradas, arte sacra, madeiras trabalhadas e encadernações valiosas são do domínio das antiguidades. O vintage diz respeito ao território do século XX.
Uma loja vintage interessa-se pelos pequenos objectos do dia a dia, curiosidades, peças de cerâmica modernista, candeeiros com design e "pátine", mobiliário fácil de introduzir numa decoração contemporânea, roupa e acessórios de época que facilitem a criação dum estilo original e único.
Trata-se então de peças usadas? Sim, mas uma loja vintage não é uma loja em segunda mão. Nas lojas de 2ª mão podemos encontrar peças actuais sem qualquer traço de época, ou mesmo roupa da última colecção duma marca conhecida.
Numa loja vintage podem existir, por vezes, peças do passado como novas, ou peças completamente novas, mas sempre de inspiração "retro".
Neste momento, o vintage está na moda por ser um conceito económico e completamente "verde", já que anda de mãos dadas com o reaproveitamento e a reciclagem de todo o tipo de objectos.
Comprar vintage tornou-se também um bom investimento, uma vez que todos os items de época estão em constante valorização.
E se este Natal oferecesse uma peça com história?

Sem comentários: